Cristalterapia em Spas – Litocosméticos

Nos litocosméticos, os cosméticos são formulados com pó de pedras associado a outros ativos. Estes pós, dependendo da pedra, são mais caros devido à sua raridade. São obtidos ou fabricados a partir das aparas que sobram das lapidações  que, após muito bem trituradas em partículas micronanonizadas, vão fazer parte da composição do cosmético, com ativos compatíveis. Dessa forma, os litocosméticos surgem no mercado como um cosmético bioenergético.

Pedras e aplicações

Ametista: para terapias em peles envelhecidas precocemente, necessitando de uma ação energizante e revitalizante, com ativos de extratos de gerânio e gingko-biloba, alfazema e alecrim.

Citrino: usado no equilíbrio da redução de toxinas e gorduras, incorporado às argilas marrons ou vermelhas, diluídas em loções de extrato de chá verde, extrato de avenca, cabela e hera com cavalinha

Água marinha: para problemas circulatórios, melhora edemas da celulite, varizes e varicoses. Na face é indicada para olheiras, associada a vitamina K, extrato de orquídea, extrato de castanha da índia e capim cidreira.

Esmeralda: antisséptica, energizante e regeneradora, reduz poros dilatados, tem ação antiacne, com própolis, extrato de calêndula, malva e hamamélis.

“Seres vivos” possuem uma “alma”, e os cosméticos a manifestam através dos “ativos naturais“. Ou seja, a parte essencial de um cosmético são os ativos naturais e, como bem explica o termo “naturais”, são originados na natureza e não sinteticamente fabricados em laboratórios. São inúmeros ativos naturais adotados em uma terapia da saúde  beleza.

Ligia da Luz Posser – Editora Besouro Box

www.spasterapialquimia.com.br

Imagem Superior: Photl.com

Deixe uma Resposta

Deixe uma resposta