Pipoca, seus segredos e receitas

Pipoca pode ser uma opção saborosa e saudável para petiscar

pipoca Iain Farrell

Seja no cinema ou em casa, um bom filme pede o acompanhamento de uma pipoca. Quem resiste? Estes floquinhos brancos com textura diferente são irresistíveis! Mas você já se perguntou se ela compromete sua dieta? Afinal, comer picopa engorda?

A pipoca tem baixo teor de calorias (cerca de 30 calorias para a medida de uma xícara), ela também tem alto teor de ar e fibras, o que ajuda na digestão. O que aumenta as suas calorias é a manteiga ou óleo adicionados no momento do preparo. Ainda assim ela é uma boa altenatica para lanche ou para aquela vontade de beslicar, que diga-se de passagem substitui os salgadinhos oleosos e muito mais calóricos, nada bons para a saúde.

Outras dicas e curiosidades do consumo de pipoca:

1. A pipoca é alta em volume e ar. Se você comer uma pequena quantidade de pipoca, seu estômago vai se sentir completo. Ou seja, ela é uma opção que serve para matar a fominha indesejada ou diminuir sua fome antes de uma refeição.  
2. Uma sugestão é comer pipoca orgânica que não contém nada artificial e é fresca por natureza.
3. Evite adicionar como cobertura opções que são ricas em gordura ou calorias, como a manteiga, azeite de oliva extra virgem ou etc. Todas estas coberturas tornam a sua aptidão insalubre.
4. Tente fazer pipoca com óleo de girassol ou azeite.

Mas tem uma coisa muito interessante que você também precisa saber sobre a pipoca: alguns estudos realizados e publicados pela Universidade de Scranton, Pensilvânia, comprovaram que a parte branca da pipoca contém uma boa quantidade de polifenóis ou compostos fenólicos que também são encontrados em frutas, café, hortaliças, soja, etc. Os polifenóis têm efeito antioxidante que atua contra os radicais livres, prevenindo o envelhecimento e doenças como câncer e alzheimer. Além disso, a pesquisa identidficou que 11% a 50% dos polifenóis encontrados na pipoca quando ingeridos têm grande potencial em ser biodisponíveis, ou seja, quando ingeridos são absorvidos pelo organismo.

Receita de pipoca caseira no micro-ondas

Coloque na travessa meia xícara de milho para pipoca (100 gramas), meia colher (de sopa) de sal. Neste ponto da receita, escolha entre uma pipoca light feita na água ou uma mais calórica feita na manteiga.

Se escolher água, coloque meia xícara de água (100 ml).

Se preferir na manteiga, coloque 1 colher (de sopa) de manteiga em temperatura ambiente.

Misture bem todos os ingredientes, feche a travessa com filme plástico e faça dois furos pequenos no plástico para saída do vapor.

Leve ao microondas em potência alta por seis minutos. (Fique de olho pois o tempo depende de cada microondas). Espere cinco minutos antes de tirar a travessa do microondas, pois ela estará bem quente. Pronto, pipoca gostosa para beliscar!

Dica: experimente utilizar temperos variados cada vez que você faz pipoca. Isso transforma o sabor e acrescenta outras propriedades saudáveis para o petisco. Você pode usar:

Pimenta caiena e queijo ralado
Pimenta do reino e raspas de limão
Curry em pó
Molho inglês
Shoyu
Alho torrado
Manjerona desidratada
Alecrim
Gengibre em pó e manjerona desidratada
Cravo, canela e açúcar

Depois de todas estas informações, você nem precisa esperar um filme para saborear uma pipoca. Ela vai bem em qualquer hora, não engorda e faz bem! Aproveite.

Por: BCires

Fontes: Analysis of Popcorn for Antioxidant Capacity and Identification of Polyphenols /Michael G. Coco Jr.

www.healththat.com

Imagem: cc Flickr / Iain Farrell




Deixe um Comentário Cancelar resposta
O seu endereço de email não será publicado


RECEBA NOSSOS
INFORMATIVOS

Loja Online

Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!