Joanópolis ? a capital do lobisomem

Joanópolis, a “Capital do Lobisomem“, fica na divisa entre São Paulo e Minas Gerais, aos pés da Serra da Mantiqueira. Cercada pelas exuberantes montanhas da Serra do Lopo, alterna-se entre vales e morros por onde correm riachos que formam belas cachoeiras.

A cidade é pequena com cerca de doze mil habitantes. Interessante é o mistério que a circula: lendas e histórias sobre lobisomem. Alguns juram ter visto o tal bicho! Curiosa fiquei, mas deixei pra lá! Cheguei mesmo para curtir a natureza e o hotel sem essa coisa de medo…

Sai de são Paulo com sol raiando, segui a Fernão Dias para chegar ao meu destino. Chegando a Joanópolis, fui em busca da estrada sertãozinho (perfeita para trilheiros). O caminho inicia-se logo ao lado da praça do centro da cidade. Depois de 18 km de estrada de terra com lindas paisagens e um tanto de cuidado com a drag nos buracos e pedras, cheguei ao hotel Ponto de Luz. Ainda não imaginava o paraíso que me esperava.

Ponto de luz, meditação, charme e romance

No hotel foi onde passei maior parte do tempo. Esperei a chegada do namorado que foi de carro ao meu encontro. O hotel pede uma boa companhia, lugar perfeito para casal. Quer surpreender sua gata com um lugar charmoso e calmo? Achou o lugar certo. Dormíamos e acordávamos ao som da cachoeira.

O hotel nos leva à boa mesa; café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar com buffet repleto de produtos de culinária saudável e bastante apetitosa. Parte da saborosa alimentação é feita com vegetais colhidos frescos na própria horta.

A dica para casal é relaxar com um banho de ofurô, com óleos afrodisíacos a luz de velas e som tranquilo ao fundo. Da pra imaginar?

Sempre chega a hora

Fato, sempre chega a hora de voltar, mas a volta pode ser divertida também. A estrada que leva até o centro é caminho para visita r o cartão postal de Joanópolis, a cachoeira dos Pretos. Uma das maiores do Estado de São Paulo, oferece uma visão que impressiona com sua paisagem formada por 154 metros de qu eda. A área ao red or é parque de ave nturas, com arvorismo, rapel, boia-cross e trilhas. A cachoeira lhe permite um belo banho de despedida. E que bela despedida eu fiz.

Para aqueles que buscam o equilíbrio e o sossego, vale muito a pena conhecer Joanópolis. Adoramos! Voltamos purificados e cheios de energia para enfrentar o ritmo acelerado da cidade grande. E sem lobisomem!!

Minhas dicas:

Outras opções de passeio:

Cachoeira das Bruxas


A Represa Jaguari

Faz parte do Sistema Cantareira que abastece a zona norte da Capital de São Paulo e algumas cidades próximas.

Pico do Selado

2070 m de altitude. Na divisa entre Joanópolis e Monte Verde esta montanha é um grande desafio. Sua altitude elevada pode te exigir até 5 horas caminhando para alcançar o Pico.

Para quem gosta de estrada de terra, pode se aventurar pelas estradas que ligam Joanópolis ao sul de Minas Gerais, além, é claro, da belíssima estrada que vai para São Francisco Xavier. A aventura pode começar por estradas de Piracaia, passando pelo bairro da Cachoeira dos Pretos, indo pelo Retiro, chegando a São Francisco. Alguns trechos lembram regiões européias. Dizem.

Onde ficar: Hotel Ponto de Luz

Estrada de terra de 18 km para chegar. Para quem vai de moto custom a dica é deixá-la em um estacionamento gratuito no posto de gasolina Monza (centro da cidade), pegar um táxi até o Hotel (R$35,00).  Lá se faz tudo a pé. O hotel tem uma van que te leva de volta ao centro da cidade para apanhar tua motocicleta.

www.hotelpontodeluz.com.br

Estrada Sertãozinho, s/n. Joanópolis – São Paulo – SP

(11) 4539 3112 (ou finais: 9382, 3226, 4075, 9358)

Fonte: Rota do Charme ? Revista Moto Adventure ?

Personal Trainer,  com especialização em . . .

 

Deixe uma Resposta

Deixe uma resposta