Gelo também é terapia!

Nos casos indicados, a terapia do gelo tem resultados muito positivos.

geloterapia Buddha Spa Blog

O gelo combina e vai muito bem na bebidas que você consome. Principalmente no verão. Mas vale a pena lembrar que ele também tem uma utilização poderosa para alguns probleminhas inesperados como atenuar e tratar dores de pancadas, tendinite, inchaços, bursite, entorses e distensões. 

Muitos estudos realizados nos últimos anos comprovaram que a terapia do gelo é uma das técnicas mais simples, seguras e mais efetivas para tirar dores ou qualquer desconforto nas juntas e músculos. Esta técnica é muito utilizada por atletas, pois é capaz de diminuir uma inflamação localizada, curando mais rapidamente, diminuindo a dor, o inchaço e aumentando a drenagem linfática. Ao mesmo tempo, o gelo aumenta o fluxo de nutrientes da área e evita a formação de coágulos.

O gelo constringe os vasos sanguíneos locais, diminuindo o fluxo sanguíneo. Aplicado imediatamente no local afetado, ou mesmo nas primeiras 48 a 72 horas, evita que o inchaço apareça, alivia a dor e limita a hemorragia local.

Para utilizar esta técnica, é preciso seguir algumas recomendações:

Primeiro cobre-se o local com uma toalha molhada e aplica-se por cima o gelo envolvido em um pano ou dentro de uma sacola plástica, tendo o cuidado de retirar todo o ar de dentro delaNunca coloque o gelo diretamente na pele.  O tempo de espera é de mais ou menos vinte a trinta minutos, quando a pele fica amortecida. Para uma nova aplicação, é conveniente aguardar um intervalo mínimo de duas horas, para que a pele volte à temperatura normal.

geloterapia2  buddha spa blogPode-se também utilizar o gelo para realizar uma massagem no local dolorido, de forma lenta e com movimentos circulares. O gelo pode ser antecipadamente congelado em formato de xícara, o que facilita a aplicação, mas também precisa ser envolvido em um pano molhado.

Mas, atenção! Não pense que o gelo serve para qualquer coisa. A Terapia do Gelo não pode ser aplicada diretamente em ferimentos com bolhas, cortes abertos ou feridas.

Pessoas muito sensíveis a resfriado ou que têm problemas circulatórios também não devem usar. Não é indicada para artrites reumáticas, Síndrome de Raynaud, condições alérgicas ao frio, infecções, paralisia ou diretamente em cima de áreas com nervos expostos.

Portanto, embora seja uma ótima e eficiente alternativa, vale a recomendação importante de sempre, principalmente em casos de lesões muito graves: consulte o médico antes.

 

Artigo de fevereiro 2012 editado - Por BCires

Fonte: SUNITHA J. Cryotherapy - A Review. Journal of Clinical and Diagnostic Research 2010 April

Crédito imagem: Photl.com/Studio Cl Art


Deixe um Comentário Cancelar resposta
O seu endereço de email não será publicado


RECEBA NOSSOS
INFORMATIVOS

Loja Online

Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!