Os Efeitos Negativos do Atual Estilo de Vida da Sociedade "Moderna"

Com a agitação do dia a dia, respire e tente viver em equilíbrio

 

O ritmo e o padrão de vida da sociedade "moderna" são bastante inadequados e extenuantes.

Conhecem-se muito bem os efeitos da tensão e das "pressões" do mundo de hoje sobre o organismo das pessoas. Muitas doenças cardiovasculares são agravadas pelo estresse negativo, (distresse) pelo medo, pela exaustão – a necessidade competir, de produzir mais e mais, de perseguir o sucesso e o ganho, quase sempre como condicionamentos persecutórios.

Na realidade, nesse início de era, o principal desafio à felicidade é o desafio do demais: há coisas demais para fazer, distrações demais, barulho demais, coisas demais exigindo nossa atenção, ou, para muitos de nós, oportunidades e escolhas demais. Para o tempo e a energia de que dispomos, é tudo demais da conta.

Todos nós andamos, sentimos, pelo menos num nível subliminar, que as escolhas, exigências e complexidades aumentam a cada ano que passa. Precisamos ser mais, ir a mais lugares, querer e realizar mais coisas. Mas, teoricamente, o dia continua tendo vinte e quatro horas, e o ano, os mesmos doze meses. A quantidade de atividade cresce constantemente, mas a energia humana com a qual ela deve ser enfrentada continua a mesma, na melhor das hipóteses. Porém, acontece que, na realidade, a duração do dia está mais curta.(*) Ou seja, o homem e a mulher modernos estão vivenciando um fato inédito e bastante complexo: o tempo está  passando mais depressa e o número de coisas para se fazer tem aumentado, à medida que o tempo passa.

Muita gente está tão habituada a esse estilo de vida “moderno,” que nem vê a vida passar.

Tudo à nossa volta anda muito depressa.

Assim é o ritmo atual da “vida moderna.” Muitos nem prestam atenção aos efeitos nocivos que esse ritmo alucinante provoca no corpo físico. Vivem como cegos buscando incessantemente ganhar mais, adquirir mais, etc. E com isso, nem param para escutar os freqüentes sinais de alerta que o corpo dá, ‘avisando’ que é preciso fazer pausas regulares para o devido repouso físico, mental e psíquico. 

Para vivermos com equilíbrio, é imprescindível gerenciarmos o nosso tempo nas diversas áreas da vida, dando prioridade à saúde mental, emocional e psíquica.

Texto do livro: UMA CIVILIZAÇÃO ADORMECIDA E DECADENTE 


Deixe um Comentário Cancelar resposta
O seu endereço de email não será publicado


RECEBA NOSSOS
INFORMATIVOS

Loja Online

Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!