Medicina Tradicional Chinesa e a teoria dos cinco elementos

Somos seres holísticos, integrados com o universo e com a natureza.

Medicina chinesa foto cc por flickr istolethetv

A teoria dos cinco elementos é um assunto relevante na medicina tradicional chinesa, uma vez que os elementos regem toda criação.

Se analisarmos os cinco elementos podemos traçar as fases evolutivas do homem e da natureza, relacionados com a teoria:

Madeira - relacionada a essência primordial da vida, os princípios e também o crescimento

Fogo – fonte de calor tem relação com as emoções superiores e psíquicas

Terra – associada ao físico está relacionada ao desenvolvimento do corpo físico, intelecto e as emoções inferiores.

Metal – a energia prânica presente no universo que origina os produtos da terra, o ar e o próprio prana (energia vital).

Água – elemento vital associado como condutor básico da vida e também a fonte da existência física.

Os cinco elementos são na verdade as cinco famílias cósmicas da vida.

Assim como a força cíclica da vida existe uma relação de dominância entre os elementos, vez que a harmonia estabelece-se as duas leis antagônicas – lei da produção e lei da dominância. A lei da produção cada elemento gera um outro e o alimenta, sendo que na lei da dominância cada elemento inibe o outro em ordem invariável.

O fornecimento de energia entre os elementos é o que chama-se de Ciclo da Geração.

Ciclo da Geração                              Ciclo da Dominância

Madeira cria o fogo               e             destrói a terra

Fogo cria a terra                  e             destrói o metal

Terra cria o metal                 e             destrói a água

Metal cria a água                 e             destrói a madeira

Água cria a madeira              e             destrói o fogo

 

 

Relação dos cinco elementos com os órgãos vitais

Elemento                          Yin                             Yang

Madeira                            Fígado                        Vesícula Biliar

Fogo                                Coração                      Intestino Delgado

Terra                                Baço-Pâncreas             Estômago

Metal                                Pulmões                     Intestino Grosso

Água                                Rins                           Bexiga

Utilizando as tabelas acima é possível aplicações terapêuticas de forma a tratar cada órgão não vislumbrando somente os sintomas que o paciente queixa-se e sim de todo padrão emocional, psíquico e de geração e dominância.

Na acupuntura, na reflexologia, massoterapia entre inúmeras terapias, o que permite ao terapeuta uma visão holística do ser para conduzir o tratamento.

Avaliando cada elemento como um universo particular correlacionado aos desequilíbrios vitais e energéticos, nos planos emocional, mental, psíquico, etc., temos um tratamento profundo e humano que facilitará tratar a doença, bem como a causa e o sentimento que ela está nutrindo.

Somos seres holísticos, integrados com o universo e com a natureza. Existe um elo invisível que nos transforma em partículas de vida e luz aptas a serem curadas e equilibradas.

Muita vida e equilíbrio aos homens e natureza!

Fonte: Maciocia, Giovanni – Os fundamentos da Medicina Chinesa

Chonghuo, Tian – Tratado de Medicina Chinesa


Adriana PerazelliPor: Adriana Perazelli

Mestre em Reiki Tradicional e Tibetano

Advogada, Pós graduada em Marketing e Naturopatia. . .

criancasdasestrelas.blogspot.com.br

www.healingcoaching.com.br

Facebook: Adriana Perazelli - naturopatia e numerologia


Imagem superior por: cc Flickr istolethetv


Deixe um Comentário Cancelar resposta
O seu endereço de email não será publicado


RECEBA NOSSOS
INFORMATIVOS

Loja Online

Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!