Ciência comprova como os pensamentos alteram o cérebro

Nós temos o poder de escolher a criação de pensamentos positivos!

Cérebro Buddha Spa Blog

 

Você reparou como é comum reclamarmos de alguma coisa? Há pessoas viciadas neste hábito que não conseguem passar um único dia sem reclamar ou não conseguem focar pelo lado otimista. Fala-se muito sobre isso como uma contuda nada saudável que nos traz de volta uma energia negativa. Mas e se comprovarmos que este comportamento constante pode afetar o seu cérebro?

O cérebro é um órgão físico complexo que de alguma forma funciona em conjunto com a consciência para criar a personalidade de um ser humano, sempre aprendendo, sempre se reciclando e regenerando. Ele é, ao mesmo tempo, o produto da realidade e o criador da realidade e a ciência está finalmente começando a entender como ele realmente cria a realidade.

Autor, cientista da computação e filósofo, Steven Parton, examinou as formas em que as emoções negativas na forma de queixa, tanto expressas pelo pela pessoa como pelos outros ao redor, afetam o cérebro e o corpo, gerando uma série de ações direcionadas que nos ajudam a entender por que algumas pessoas parecem não conseguir sair de um estado de espírito negativo.

Sua teoria sugere que a negatividade, assim como reclamar, altera fisicamente a estrutura e função da mente e do corpo.

Parton explica:

"O princípio é simples: Ao longo de seu cérebro há uma coleção de sinapses separados por espaços vazios chamados de fenda sináptica. Sempre que você tem um pensamento, uma sinapse dispara um produto químico através da fenda para outra sinapse, construindo assim uma ponte sobre a qual um sinal elétrico pode atravessar, levando consigo a sua carga de informação relevante do que você está pensando.

... Toda vez que essa carga elétrica é acionada, as sinapses crescem mais juntas, a fim de diminuir a distância que a carga elétrica tem que atravessar .... O cérebro modifica seu próprio circuito, alterando-se fisicamente, para tornar mais fácil que as sinapses adequadas irão compartilhar a reação química e, facilitando a multiplicação do pensamento."

Além disso, a compreensão do processo inclui a ideia de que as ligações elétricas mais utilizadas pelo cérebro irão tornar-se mais curtas e, portanto, escolhidas com maior frequência para utilização pelo cérebro. Isto explica como a personalidade é alterada.MIndfulness Buddha Spa Blog

Como seres conscientes, temos o poder de alterar este processo, simplesmente por nos conscientizarmos de como a dualidade age nos momentos em que nascem os pensamentos. Nós temos o poder de escolher a criação de pensamentos positivos de amor e otimismo, garantindo assim que o cérebro e a personalidade sejam positivamente alterados.


Empatia

Esta linha de raciocínio científico se estende até a dinâmica entre duas pessoas, dando a compreensão científica de como reclamar reflete também sobre as pessoas ao redor.

Os neurônios espelho (também conhecidos como célula espelho) garantem que nós possamos aprender com o nosso meio ambiente e são um elemento bioquímico essencial de empatia. O cérebro relaciona-se com o que outra pessoa está expressando e a porção empática em cada um de nós responde “experimentado” a emoção como uma tentativa de se relacionar e compreender.

Assim, quando uma pessoa deixa um enorme rastro de fofocas e negatividade em você, tenha a certeza de que ela está te afetando e está diminuindo suas chances de ser e estar realmente feliz. A exposição a este tipo de explosão emocional realmente provoca estresse e como o estresse pode trazer consequências sérias para a sua saúde, ouvir reclamações e estados de negatividade pode afetar e contribuir para que estes danos afetem consideravelmente a sua saúde.

Parton refere-se a essa perspectiva como "a ciência da felicidade". Este comportamento de queixar-se requer um estudo adequado para a ligação do poder do pensamento e o controle que uma pessoa pode exercer sobre a sua criação da realidade tridimensional.

A visão geral de todo este estudo é ainda mais resumida por Parton na seguinte frase :

"... Se você está sempre reclamando e menosprezar o seu próprio poder sobre a realidade, você não acha que tem o poder de mudá-la. E assim ela nunca vai mudar. "

E concluindo, veja só como é importante manter-se positivo e otimista ao longo da vida e emanar esta enegia. Como é importante tentar manter distância de pessoas negativas. Esta conduta é um hábito saudável que colbora com o bem-estar dos outros e, principalmente, em benefício do seu corpo, da sua mente e do seu cérebro! Manter o foco no positivo pode ser o grande segredo para ser feliz.

Este artigo foi traduzido e parcialmente editado por BCires, tendo como fonte Waking Times, publicado aqui sob uma licença Creative Commons, com atribuição a Alex Pietrowski e WakingTimes.com.


Deixe um Comentário Cancelar resposta
O seu endereço de email não será publicado


RECEBA NOSSOS
INFORMATIVOS

Loja Online

Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!